Skip Navigation Links
HOME
QUEM SOMOS
VIDA DA PO
CONCÍLIO VATICANO II
GALERIA DE FOTOS
FALE CONOSCO
MEMÓRIASExpand <b>MEMÓRIAS</b>
LOCALIZAÇÃO
LINKS
 
Busca:
 
Imagem
  
VIDEOS [+] mais
  
Depoimentos
PO DENUNCIA MORTE EM FÁBRICA EM SÃO PAULO

 

PASTORAL OPERÁRIA DE SÃO PAULO DENUNCIA MORTE DE TRABALHADOR EM FÁBRICA

 
No dia 24 de Julho de 2018, a Pastoral Operária em uma ação conjunta de vários grupos (Santo André, Campinas, Nova Odessa, Americana, Limeira e Santa Bárbara do Oeste) fizeram uma manifestação na porta da fábrica da empresa Ober S/A, Industria e Comercio, em Nova Odessa (SP).
  

O Ato teve como motivação a morte de um funcionário, o Sr. José Raimundo Ferreira que teve a sua cabeça decepada por uma máquina tipo “Rosca Alimentadora”. Além da violência da morte, a empresa cometeu uma crueldade sem limites acusando uma funcionária de ser a culpada pelo acidente.
  

A Pastoral Operária distribuiu um boletim em todos os turnos de trabalho (entrada e saída) explicando que o acidente não era culpa da funcionária e sim da empresa que não cumpriu a lei que exige a proteção das máquinas e que se fosse cumprida teria evitado o acidente.
 
Além do boletim foi utilizado um carro de som fornecido pelo Sindicato da Construção Civil, onde foi esclarecido para todos e todas os motivos daquela ação. Até a polícia que agiu prontamente quando chamada pela empresa, entendeu a legitimidade do ato.

A PO irá prosseguir com ações que visam cobrar as entidades responsáveis (Ministério Público do Trabalho, Ministério do trabalho, CEREST, Sindicato, Polícia Civil, etc.) para que este assunto seja esclarecido para toda a sociedade. Estaremos permanentemente em alerta com esses maus empregadores que utilizam essa estratégia de culpar os empregados para tentar esconder a própria culpa da empresa em não atender a lei e caso identifiquemos outras atrocidades como essa, iremos agir novamente. Se Deus quiser.

A Pastoral Operária de São Paulo está a 3 anos com a Campanha contra Acidentes de Trabalho, buscando esclarecer que as empresas tem sua responsabilidade sobre a segurança dos trabalhdores e trabalhadoras, e as vítimas não podem ser culpadas pelas falhas da empresa. 

Outras notícias sobre o caso do acidente de trabalho na Ober, acesse AQUI. 

 
Outras informações sobre a ação da PO: 
 
Gilmar Ortiz de Souza

(11) 97463-3174 (Whats-app)

gilmar.ortiz@uol.com.br

 

  
 

 

 
< Voltar para a página anterior
 
  Endereço: Rua Guarapuava, 317 
Bairro: Mooca - São Paulo - SP - CEP 03164-150
 email: pastoral.operaria.nacional@gmail.com  e contato@pastoraloperaria.org.br
Tel.: (11) 2695-0404/ Fax.: (11) 2618-1077